Por que estamos insensíveis?

Dai-nos, Senhor, um coração sensível! A nossa sensibilidade está fechada, está blindada, está cheia de muros, porque nós fomos feridos tantas vezes, decepcionados, experimentamos as injustiças e nós armamos defesas e não deixamos mais entrar nada! Todas as manhãs pedimos através da música que abre este programa: “Dai-me um coração sensível”, então, neste dia em que o Evangelho mostra o homem leproso que diz: “Senhor, se queres, podes curar-me”, nós queremos atualizar isso em nossa vida e também diante do Senhor queremos, de joelhos, dizer: “Senhor, se queres, podes arrancar todos os muros, os escudos, tudo o que tem matado a sensibilidade do meu coração!”.